Rise Studio |
Logo Rise Studio

Descubra a importância de guardar os dados da sua empresa em mais de um local seguro

Vivemos na era da rapidez informacional, por isso nada mais importante para uma empresa do que a conservação de seus dados. Essas informações armazenadas são a base para qualquer organização.

A partir disso surge a dúvida: como conservar esses dados de forma segura? Ter apenas uma cópia dos dados guardada não é sinônimo de segurança.

Pensando nisso, vamos explicar a você a importância de um múltiplo armazenamento, ou seja, a manutenção de seus dados em mais de um local. Entenda!


Mas, por que o armazenamento de dados é tão importante?


Uma gestão corporativa eficiente é baseada em informações relevantes (seus processos, mercado e clientes). Para que isso ocorra de maneira eficiente, é necessário contar com um sistema que seja responsável pelo armazenamento de dados da empresa.

Além disso, vale lembrar que, no Brasil, essa conservação de dados está prevista em Lei. Bancos, empresas de telefonia, hospitais e outras instituições, privadas ou públicas, precisam manter os dados disponíveis a consultas, com finalidades judiciais ou contábeis, por cinco anos.

É importante ressaltar que as empresas que melhor administram dados próprios tendem a ser mais competitivas. Isso acontece porque os processos de inteligência do negócio se tornam mais eficientes.

Com um bom software de armazenamento, torna-se mais fácil a identificação e o monitoramento de padrões, tendências, oportunidades e ameaças.


Onde armazenar os dados?


Como mencionado anteriormente, estamos na era digital. Não adianta querer guardar milhões de folhas impressas, o papel envelhece, e perde as informações uma vez contidas nele. Além disso, por ficar guardado em armários fechados, os papéis acabam embolorando e, novamente, deixam de ser úteis.

Algumas soluções são o armazenamento em dispositivos como pendrives, CDs, DVDs, HD externo e a nuvem. Vamos entender as principais diferenças!


  1. CD e DVD


Os CDs são os que oferecem menor capacidade. Ainda que seja muito barato, custando menos do que R$1,00, o CD armazena, em média, apenas 700mb de conteúdo. 

Bastante similar, o DVD suporta cerca de 4gb de arquivos e não custa muito mais caro. Além disso, mídias em disco apresentam tempo de vida útil limitado, por isso, armazenar seus dados apenas nessas plataformas não é a melhor ideia.


  1. HD externo e pendrives


 Ambos os dispositivos têm tamanhos variáveis, que podem ultrapassar os 1000gb, ou 1tb de conteúdo. Eles também apresentam valores diversificados, havendo opções para todos os bolsos.

Outro fator relevante é que, diferentemente das mídias em disco, o pendrive e o HD externo não têm tempo de vida útil.


  1. Armazenamento na nuvem


Você já deve ter ouvido falar em Cloud Computing ou Computação na Nuvem, certo?  

Quando pensamos em armazenamento na nuvem, falamos de serviços online em que você adquire uma espécie de “HD virtual”. Nele você guarda todos os seus arquivos em uma pasta online e tem a facilidade de poder acessar esses dados de qualquer lugar e em qualquer dispositivo.

Além disso tudo, com o armazenamento na nuvem, não há perigo de perdas como nas mídias em disco, que podem arranhar, ou os HDs e pendrives que podem queimar, por exemplo.


Então por que escolher mais de uma plataforma segura?


Após um mergulho profundo no oceano vasto sobre manutenção de dados e sua importância, vimos que existem vários locais para realizar esse armazenamento. 

Contudo, escolher apenas uma opção não é a melhor forma de manter a segurança das informações da sua empresa, principalmente se for de grande porte.

Vimos as principais formas de guardar dados, sendo algumas mais eficientes do que outras. Assim, optar pelo armazenamento múltiplo é a maneira mais inteligente de prevenção contra perdas.

Compartilhe esse conteúdo para ajudar mais empresas a entender como cuidar de seus dados!